Todos os discípulos de Jesus têm um chamado pastoral. Ele começa quando pregamos para alguém e a pessoa se converte. Geramos um filho para Deus, portanto, devemos pastoreá-lo, cuidar dele. O Senhor não respondeu a Caim quando este perguntou se era guardador do seu irmão, porque ele era sim (Gn 4.9), assim como nós somos também somos guardadores dos nossos irmãos, principalmente daqueles que geramos para Deus.

Todos temos uma carga pastoral. No entanto, para pastorear, precisamos ser pastoreados. Ninguém dá o que não tem, ninguém pode suprir se não é suprido, ninguém pode oferecer aquilo de que é carente. O texto de Atos 20.28 instrui a liderança a atender por si e por todo o rebanho, como bispos (supervisores), mas com o coração pastoral. Depreende-se daí que a primeira responsabilidade dos pastores é cuidar das pessoas que estão ao seu lado, e depois cuidar de outros pastores para que eles fiquem firmes, não se desviem e continuem trabalhando para o Senhor. Assim, devemos cuidar, vigiar, sustentar, suportar, orar e sermos responsáveis pelos irmãos, para que sejam saudáveis e consigam pastorear outros pastores

O Pastoreio Tomo II – Ebook

R$ 35,00 Preço normal
R$ 25,00Preço promocional
Esgotado